Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘cavalos’

.

.

Pedras brutas

brilhantes de chuva

da madrugada ao amanhecer

 

Escorregadias

como os açoites nas costas

de cada negro acorrentado

 

Ouço em mim

os cascos dos cavalos

tropeçando contorcendo-se

em seus vãos

 

Sinto dor frio fome

no entanto nada valem

perto das caravanas

que aqui passaram

 

Por um momento

voltando-me para onde meus passos me levam

deparo-me com aquela pousada

onde deitávamos nossas tristezas

  

Lágrimas misturam-se

com chuva e gritos

escondo-me, na porta da igreja,

das nossas descobertas doloridas

aqui em Paraty

 

Seguindo trilhas de escravos

até o forte até o canhão

até aonde diziam defender esta pátria

mas que matavam braços fortes de trabalho

com seus duros corações

 

Pedras brutas

brutos homens

que brincavam de paz

 

 

 

 

Anúncios

Read Full Post »